• Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco

Dente com cálculo dentário: entenda por que acontece e quais são os riscos!



O dente com cálculo é um problema comum, mas que merece atenção, pois pode dar início a doenças bucais. Além disso, traz incômodos para a estética do sorriso e ainda causa mau hálito.

Mas como essa camada mais endurecida e que não sai com a escovação é formada? Quais os riscos para a saúde bucal? Como é feito o tratamento? 


Confira este post, tire todas as suas dúvidas e veja como medidas simples ajudam a prevenir esse quadro!


Como o cálculo dentário é formado?


Para entender como o cálculo dentário é formado, é preciso explicar que a sua origem está na placa bacteriana, um biofilme dental que se forma na superfície dos dentes, mas não aparece. Ainda, surge quando os restos de alimentos não são completamente retirados com o uso do fio dental e escovação.


O perigo é que essa camada de bactérias produz ácidos, podendo levar ao surgimento das temidas cáries. Mas, com a escovação adequada e com o uso do fio dental, a placa é eliminada, mantendo, assim, os dentes saudáveis.


E quanto ao cálculo? Ele se forma quando a placa bacteriana não é retirada — ela calcifica e endurece na superfície dental, deixando o sorriso com traços mais amarelados e escurecidos, principalmente na linha da gengiva ou no espaço entre os dentes.


Quais doenças o cálculo pode causar?


A questão é que com a formação do cálculo, ele se adere ao esmalte dentário e não é possível eliminá-lo com a escovação. Nessa situação, é fundamental procurar o dentista para fazer a terapia periodontal, que é a remoção desses cálculos.


Entenda que, além da cárie, o dente com cálculo pode levar à gengivite, que é a inflamação nas gengivas, quadro que pode evoluir para periodontite. Nesse caso, é uma infecção mais grave, que afeta as estruturas de sustentação do dente, exigindo tratamento rápido para evitar a perda dental.


Como é feito o tratamento de problema?


Para eliminar o cálculo e ficar com o sorriso mais bonito e livre de doenças, é necessário procurar o dentista. O tratamento é simples: é feita a terapia periodontal (raspagem sub ou supra gengival, profilaxia, que é o polimento dos dentes, e a aplicação do flúor).


Na raspagem, como o próprio nome diz, é utilizado um instrumento denominado de curetas, para remover o cálculo do esmalte dentário. É um tratamento simples e que não precisa de anestesia.

Dependendo da quantidade acumulada, é necessária mais de uma sessão para a eliminação completa dessa camada.


Quais as medidas de prevenção do dente com cálculo?

Com algumas medidas simples na sua rotina, é possível prevenir o cálculo. Vejamos:


  • realize a escovação completa — a limpeza deve ser feita após as refeições e antes de dormir. É indispensável usar o fio dental pelo menos três vez ao dia (apos cafe da manha, almoço e jantar);

  • modere o consumo de açúcar e amido — é preciso controlar a ingestão de doces, pães e massas, pois eles contêm ingredientes que colaboram para o desenvolvimento da placa bacteriana e do cálculo;

  • realize as consultas regulares no dentista — visite o especialista a cada 6 meses para avaliar sua boca e realizar as terapias periodontais.


Agora você já sabe como o dente com cálculo exige um cuidado especial. Entenda que é um problema que não causa dor, mas que, caso não tratado, pode acarretar danos à sua saúde bucal.

Para prevenir esse e outros danos, é simples, basta fazer o check-up odontológico. Entenda mais sobre a importância desse acompanhamento regular na ida ao dentista!


MARQUE SUA AVALIAÇÃO AGORA

Ligue para o IOS!