• Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco

Afinal, qual a relação entre estresse e saúde bucal? Entenda aqui!



Estresse e saúde bucal definitivamente não combinam. Esse problema, tão comum atualmente, é um grande vilão para todo o organismo, porque reduz a imunidade e provoca alterações em nossos hábitos, comportamentos e química orgânica.


Por isso, pessoas estressadas ficam mais suscetíveis ao desenvolvimento de diversas complicações de saúde, que também afetam a boca. Como ninguém está livre de sofrer quadros de estresse, preparamos este artigo para falar um pouco sobre esse assunto.


Continue lendo para conhecer a relação entre estresse e saúde bucal, bem como os problemas que ele pode desencadear na boca. Veja como o estado psicológico afeta a beleza do seu sorriso e aprenda a cuidar melhor dele!


Impactos do estresse na saúde bucal


A saúde dos dentes e tecidos da boca depende do equilíbrio de diversos fatores e funções orgânicas. Afinal, eles precisam de nutrientes, boa hidratação e higiene para terem condições mínimas de se manterem saudáveis e menos suscetíveis ao ataque de bactérias.


Também, é importante que a química do nosso organismo não sofra alterações significativas, porque mudanças no pH da saliva e variações hormonais impactam diretamente a saúde da boca. É justamente por isso que estresse e saúde bucal não combinam.


O estresse é uma resposta do corpo ao excesso de pressão física, psicológica e emocional. Ficamos mais sensíveis às situações de tensão, perigo ou ansiedade, então, ocorrem mudanças fisiológicas e químicas com a liberação de substâncias como adrenalina, cortisol e hidrocortisona, responsáveis por regular o sistema imunológico.


Além disso, o comportamento e os hábitos mudam por causa dessa tensão constante. É comum que a pessoa estressada sinta mais apetite por alimentos doces, ricos em amidos ou gordurosos.

O problema é que eles favorecem respostas inflamatórias, além de estimularem a formação da placa bacteriana. Justamente por isso, o estresse aumenta as chances do desenvolvimento de diversos problemas, como os que citaremos a seguir.


Xerostomia

Popularmente conhecido como boca seca, esse problema acontece em função das alterações hormonais e das mudanças nos hábitos alimentares. A saliva tem a sua qualidade prejudicada sofrendo alterações de viscosidade, pH, cor e volume.


Cáries

A formação de cáries acontece por causa das alterações na saliva, a propensão para ingestão de alimentos que favorecem a proliferação de bactérias e o descuido com a higiene. Afinal, quando a mente está cansada e cheia de preocupações a escovação dos dentes acaba ficando de lado.


Gengivite

Essa inflamação afeta as gengivas e acontece em quadros de estresse, por causa das variações hormonais, da queda da imunidade e do descuido com a higiene bucal. É válido lembrar que esse problema é muito sério , porque desencadeia diversos sintomas que afetam o bem-estar e a autoestima, como sangramentos e mau hálito.


Bruxismo

Esse distúrbio ocasiona o ranger ou apertar de dentes, principalmente durante a noite. Afeta significativamente a qualidade de vida porque ocasiona dores nos músculos da face e dor de cabeça. Além disso, deixa os dentes desgastados, podendo surgir trincas e fraturas, o que prejudica a estética e abala a autoestima.


Halitose

O mau hálito é um problema que interfere negativamente nas relações interpessoais e pode prejudicar a pessoa em seu desenvolvimento profissional, e inibir relacionamentos amorosos, de amizade e a vida profissional. É causado pelo estresse em função da xerostomia, das cáries, da gengivite, doença periodontal e da baixa qualidade da higiene bucal.


Aftas

A queda do sistema imunológico e a resposta inflamatória do organismo estimulam o surgimento de aftas. Essas pequenas feridas dificultam a alimentação, a fala e, a pessoa já mal humorada pelo estresse, fica ainda mais irritada, prejudicando suas relações sociais.


Embora a vida moderna esteja constantemente nos pressionando para cumprir nossas tarefas e atingir bons resultados, não podemos descuidar da nossa saúde. Ela precisa ser colocada em primeiro lugar, para evitarmos que problemas e doenças afetem nosso cotidiano, impedindo alcançarmos metas e objetivos.


Agora que você já sabe que estresse e saúde bucal estão diretamente relacionados, adote hábitos saudáveis para manter corpo e mente em equilíbrio. Também, faça visitas periódicas ao dentista, para complementar seus cuidados em casa, evitando que doenças bucais afetem a imagem do seu sorriso e prejudique sua vida pessoal e profissional.

Gostou deste artigo? Então siga nossas redes sociais para aprender cada vez mais a cuidar da sua saúde bucal! Estamos no Facebook e Instagram.

MARQUE SUA AVALIAÇÃO AGORA

Ligue para o IOS!