• Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco

Conheça 4 tipos de tratamentos com implantes dentários e seus procedimentos



Você sabia que existem diferentes tratamentos com implantes dentários e cada um deles é indicado para um problema específico? Ainda, que por conta disso, é possível fazer tratamento em pessoas que perderam um, diversos ou todos os dentes?

Um implante consiste em um parafuso de titânio (metal biocompatível com o organismo), que o implantodontista instala no osso alveolar (que segura a raiz natural dos dentes). O período da osseointegração (integração do implante ao osso) leva em média 1 a 6 meses dependendo da região a receber o implante e do próprio implante.

Ha duas opções: instalação do implante e no mesmo momento cirúrgico, adaptação de uma coroa provisoria , da cor do dente, bem adaptada, promovendo uma adaptação gengival e estética perfeita, e com 1 a 2 meses já instalação da coroa de porcelana definitiva. A outra opção, é a instalação do implante, aguardar um período de 4 a 6 meses, uma segunda cirurgia é necessária, denominada de cirurgia de reabertura. Essa cirurgia é para expor a tampa do implante externamente, para realização da prótese sobre implante de porcelana.

Como existem diferentes tipos de implante, ele é recomendado para todos os casos de perda dentária. Neste artigo, falaremos sobre 5 dessas opções para você descobrir quando cada uma é recomendada. Continue lendo e conheça essa solução de reabilitação oral.


1. Implante unitário

O implante unitário é aquele em que cada parafuso recebe uma prótese, ou seja, o dente artificial, fabricado em porcelana, com características muito semelhantes ao esmalte do dente natural, para ter formato, tamanho e cor da dentição.

Esse tipo de implante é recomendado para pessoas que precisam substituir apenas um dente, mas também pode ser a solução para aqueles que perderam mais, porém, em pontos separados da boca. É criada uma raiz artificial para cada dente perdido.


2. Implante com carga imediata

De todos os tipos, esse é aquele que precisa de mais estudo para ser indicado. Isso porque é uma técnica com chance de insucesso, uma vez que a prótese é colocada sobre o pino no mesmo dia da cirurgia, geralmente após uma extração.

Nos demais implantes, etapas são seguidas para garantir que o osso cicatrize corretamente. Neste caso, trata-se do processo chamado de osseointegração, quando as células se reproduzem fazendo com que o osso envolva a raiz artificial.

O implante com carga imediata não requer isso, então, é preciso que o paciente tenha uma excelente qualidade óssea e a estabilidade primária deve ser muito boa para que o parafuso não se movimente na cavidade.

É uma ótima solução para quem deseja sair do consultório com o sorriso completo, mas exige muito cuidado no pós-operatório. Esforços excessivos sobre a prótese podem impedir a osseointegração e comprometer o tratamento.

Logo, não são todos os pacientes que podem receber esse implante. Cada caso precisa ser estudado pelo especialista, pois somente ele poderá avaliar se é possível colocar a carga imediatamente ou é mais seguro esperar a cicatrização do osso.


3. Implante com prótese protocolo

O implante com prótese protocolo é uma alternativa para pessoas que perderam todos os dentes. Nessa técnica, o especialista fixa de 4 a 8 pinos no osso alveolar e eles darão sustentação para uma prótese inteiriça, com todos os dentes.

Encaixa-se sobre os pinos por meio de uma barra metálica que se conecta nos implantes. É muito estável e promove maior segurança e resistência durante a mastigação. Porém, é fixa, não pode ser retirada pelo paciente, somente o dentista pode fazer isso.


4. Implante com prótese overdenture

A prótese overdenture também está entre os tipos de implantes dentários indicados para pessoas que perderam todos os dentes. É semelhante à prótese protocolo porque o dentista também fixa alguns pinos (de 2 a 6) e sobre eles encaixa a prótese completa.

A diferença dessa técnica está no fato de que a peça não é totalmente fixa. Embora seja estável e resistente, pode ser desencaixada pelo próprio paciente. Uma boa opção para realizar uma higiene mais detalhada.

A indicação desses tipos de implantes dentários é feita pelo especialista, após análise de cada caso. Ele avalia as necessidades do paciente para definir a melhor opção, por isso, é importante procurar por clínicas especializadas, a fim de obter um atendimento personalizado, visando a saúde bucal, funcionalidade e resultados estéticos superiores.

Procurando uma clínica completa e profissionais de confiança para cuidar dos seus dentes? Entre em contato conosco e confira os tratamentos que temos à sua disposição!

MARQUE SUA AVALIAÇÃO AGORA

Ligue para o IOS!