• Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco

Sorriso novo aos 77 anos de idade

#PostdaSemana


Um sorriso perfeito, todo mundo almeja. Para muitos, a única solução possível está na realização de implantes. Mas dois fatores acabam fazendo com que muitas pessoas desistam do sonho de recuperar o perfeito estado dos dentes: tempo e dinheiro. Dois mitos.


Para ilustrar porque esse raciocínio está equivocado, resumo aqui a história de um tratamento complexo, considerado longo e, pela sua extensão, caro.



Em 2010, eu recebi no consultório uma senhora, na altura com 74 anos de idade, que trazia a indicação de tratamento com implantes. Muito simpática e educada, ela trazia consigo um sonho: “melhorar o seu sorriso”, em suas próprias palavras.


Faltavam-lhe alguns dentes superiores e inferiores, e ela apresentava algumas limitações, como falta de osso em altura e espessura para instalações de implantes, principalmente na região dos seios maxilares, em decorrência da perda dos dentes ocorrida já há muito tempo.


Devido às suas condições clínicas, seriam necessários enxertos. Do ponto de vista técnico, seria um trabalho complexo, diagnostiquei. Mas do ponto de vista pessoal, intuí que a determinação não deixaria aquela mulher desistir.


Ela me contara que sobreviveu a três AVCs (derrames). E que, sim, agora queria sorrir para a vida, com todos os dentes!


Em outubro de 2010, fizemos as suas primeiras cirurgias: levantamento da membrana do seio maxilar e enxerto ósseo. Foram duas cirurgias no mesmo dia, com duração total de cerca de 4 horas.


O processo exige alguns meses de cicatrização e acomodação dos enxertos, antes da instalação dos implantes. Mas, após cinco meses, lá estava a nossa paciente de volta, determinada. Em 23 de março de 2011, realizamos as cirurgias de instalações de seis implantes. Aproximadamente 15 dias depois, foi feita a instalação de outros três, totalizando nove implantes.


Dez meses mais tarde, iniciávamos a adaptação das próteses sobre os implantes. Fizemos três, inicialmente. E, agora em maio de 2013, terminamos todo o tratamento com a adaptação das últimas seis próteses sobre implantes.


Dois anos e sete meses, esse foi o tempo necessário para a dona Maria Lúcia Barreto edificar um sonho que já acalentava há décadas.


Passo a passo, essa paciente cumpriu as etapas, investiu o seu empenho, planejou a distribuição dos recursos e conseguiu bancar a conquista de uma nova vida para o seu sorriso!


Aos 77 anos, D. Maria Lúcia hoje não só exibe uma dentição completa e saudável, mas, principalmente, um semblante feliz de quem saiu vitoriosa numa meta a que se propôs. Em suas palavras, “valeu a pena!”


Marlei Bonella Zorzal,

Periodontista e Implantodontista

MARQUE SUA AVALIAÇÃO AGORA

Ligue para o IOS!