Saúde bucal na gravidez: o que é preciso saber sobre o tema?




O tema saúde bucal na gravidez é muito importante não só para as gestantes, mas também para os pais, amigos, familiares e todos aqueles que acompanham uma gestação. Afinal, todo cuidado é importante nessa fase e boas informações são sempre bem-vindas.


Muitas pessoas não sabem que existe o pré-natal odontológico. Isso quer dizer que, assim como o acompanhamento ginecológico, toda mulher deve procurar assistência para evitar problemas bucais que possam comprometer sua saúde e a do bebê.


O que você sabe sobre o assunto? Aproveite para ficar por dentro e conferir algumas dicas mesmo que não for uma leitora grávida!


Por que é importante procurar um dentista?


Por mais que a maioria das pessoas saibam quais são os cuidados diários com a higiene bucal, o acompanhamento de um profissional especializado sempre faz a diferença. Ao descobrir uma gestação, a mulher deve procurar o Periodontista para receber as orientações específicas e viver essa etapa sem maiores preocupações.


Como a boca é uma porta de entrada para o nosso organismo, pode-se imaginar como os cuidados corretos são importantes para evitar doenças e outros problemas. Logo, essa é uma atitude preventiva para proteger a mãe e a criança.


Se a gravidez for planejada, o ideal é fazer a consulta odontológica com antecedência para fazer uma revisão geral, sinalizando para o dentista a intenção de engravidar para receber as recomendações adequadas.


Caso seja uma surpresa, é bom procurar o profissional o quanto antes, sobretudo pela maior sensibilidade do período. Em nenhuma hipótese deixe de contar para o dentista se estiver grávida, pois o uso de medicamentos e alguns procedimentos precisam ser considerados.


Quais são os riscos de não cuidar da saúde bucal na gravidez?

A variação hormonal que uma mulher vive ao gerar um bebê promove muitas mudanças no seu corpo, inclusive na boca. Confira quais são os problemas mais comuns nessa fase:


  • gengivite;

  • sangramentos na gengiva;

  • abscessos gengivais, levando a presença de tumor gravídico

  • erosão do esmalte dental por conta dos enjoos;

  • diminuição da produção da saliva protetora;

  • propensão à formação de cáries.


No mundo inteiro, o peso ao nascimento é o mais importante determinante para o recém nascido sobreviver e ter um desenvolvimento saudável. Quando a mulher está grávida ela passa por alterações hormonais que levam também a alterações celulares. Com o aumento da taxa hormonal, começam a ocorrer mudanças como a vasodilatação e o aumento da resposta inflamatória. Então, a mulher gravida pode apresentar sangramento e inflamações gengivais. e se não acompanhada por um Periodontista, pode sim, desenvolver infecções mais severas nos tecidos gengivais, alem de outras complicações. Por exemplo, a presença decertas bactérias na boca pode chegar ao sangue, o que é capaz até de ocasionar partos prematuros. De forma semelhante, uma inflamação da gengiva (gengivite) libera substâncias que podem atingir a placente e induzir o nascimento precipitado.


Que tipos de cuidados precisam ser tomados?

Sabendo dos riscos envolvidos, a melhor solução é realmente redobrar os cuidados com a saúde bucal. Reunimos algumas dicas que podem ser aproveitadas, mas vale ressaltar que nada substitui a consulta e a manutenção de um acompanhamento próximo com o dentista.


Não esquecer da escovação completa

Seja qual for o motivo ou desconforto, a higiene não pode ficar de lado nesse momento. É essencial fazer uma escovação cuidadosa após todas as refeições, ao acordar e antes de dormir. Uma dica é optar por escovas com cerdas macias para não machucar a gengiva e usar o fio dental delicadamente.


Procurar um bom creme dental

As grávidas que ficarem enjoadas com o sabor dos cremes dentais devem procurar opções mais suaves, trocando o produto sempre que achar necessário. O que não pode acontecer é deixar de escovar os dentes por conta do incômodo.


Controlar a alimentação

Apesar de o nutricionista ser o responsável por uma dieta equilibrada e nutritiva, é natural que os dentistas reforcem o pedido de uma alimentação balanceada. Isso porque o excesso de doces, por exemplo, aumenta a tendência de ter cáries — o que não é desejável.


Visitas regulares ao Periodontista no período da gravidez de 3 em 3 meses.

Como a mulher na gravidez esta em constante alterações físicas e hormonais, é indicado o protocolo de acompanhamento e manutenção da saúde bucal de 3/3 meses.

O melhor de tudo é proteger a saúde de todos e continuar com um sorriso bem bonito durante a gestação. Até porque agora você sabe que saúde bucal na gravidez é coisa séria!


Quer uma ajuda especializada para cuidar dos seus dentes? Entre em contato conosco e conheça os nossos serviços. A IOS Odontologia está pronta para receber e cuidar de você!

MARQUE SUA AVALIAÇÃO AGORA

Ligue para o IOS!

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco